Polícia é chamada após denúncia de violência doméstica e tem surpresa após chegar no local

Leave a Comment

Hoje trago uma história bizarra que aconteceu na Austrália. A polícia de New South Wales, foi chamada para atender à uma ocorrência após vizinhos acreditarem que um caso de violência doméstica estivesse ocorrendo dentro de uma casa. Entretanto, ao chegarem no local, os oficiais se depararam com uma situação bizarra.

Por volta das duas da madrugada do último sábado (21), moradores começaram a ouvir gritos de terror e palavrões. As vozes aparentemente eram de uma mulher aterrorizada, o que motivou os vizinhos a chamar a polícia.

“Eu vou matar você, morra! Morra!”, gritava uma voz masculina. Após a chegada dos policiais, a misteriosa agressão teve uma resposta. Não passava de uma luta entre um homem completamente apavorado e uma aranha.

Ao entrarem dentro da casa, os policiais encontraram o australiano no canto da sala gritando com uma lata de veneno de insetos na mão. Ele estaria perseguindo uma aranha pela casa enquanto surtava, assustando assim seus vizinhos.

Os policiais questionaram se o homem estaria agredindo sua esposa, mas ele deixou claro que era solteiro. Um portal de notícias local divulgou o diálogo entre os policiais e o homem, explicando a embaraçosa situação.

Polícia: Onde está sua mulher?
Homem: Eu não tenho uma.
Polícia: Onde está sua namorada?
Homem: Eu também não tenho uma.
Polícia: Nós recebemos um chamado a respeito de violência doméstica após ouvirem gritos de uma mulher, onde ela está?
Homem: Eu não sei do que estão falando. Eu moro sozinho.
Polícia: Vamos lá rapaz, as pessoas falaram que ouviram claramente a voz de uma mulher enquanto você dizia que iria matá-la. Também ouviram barulho da mobília sendo jogada no chão.

Neste momento o homem se mostrou extremamente envergonhando e se calou.

Polícia: O que você fez a ela? Vamos, fale logo!
Homem: Era uma aranha...
Polícia: Perdão?!
Homem: Era uma aranha, uma aranha realmente enorme!
Polícia: Mas e os gritos de uma mulher?
Homem: Bom, desculpem. Era eu gritando... Eu realmente odeio aranhas.

Após a conversa, os policiais ajudaram o homem a revistar a casa em busca do aracnídeo, mas não o encontraram.


Yahoo

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.
Posts em Destaque

Posts mais selecionados estão esperando por você . Veja isso