Brasil já registra 1.761 casos de microcefalia em 422 municípios

1 comment
 
Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (8), o Ministério da Saúde confirmou que já chega a 1761 o número de casos de microcefalia notificados no País. Ao todo, 422 municípios registram a doença, que teve sua ligação com o zika vírus — transmitido pelo mosquito aedes aegypti — confirmada.
Pernambuco segue liderando o número de casos, com 804. Em seguida, vêm Paraíba (316), Bahia (180), Rio Grande do Norte (106), Sergipe (96), Alagoas (81), Ceará (40), Maranhão (37), Piauí (36), Tocantins (29), Rio de Janeiro (23), Mato Grosso do Sul (9), Goiás (3) e Distrito Federal, com apenas um registro. 
Já foram notificadas 19 mortes de bebês — sete só no Rio Grande do Norte —, ainda sob investigação para confirmar a associação da diminuição do cérebro à infecção pelo zika vírus.
O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis, Claudio Maierovicth, explicou, ainda, que dentro do novo protocolo adotado pelo sistema de saúde, passa a haver um ajuste que determina que apenas crianças com o perímetro encefálico de 32 cm e abaixo disso são consideradas portadoras da doença.

— Esse ajuste de 1 cm não quer dizer que as crianças com mais de 32 centímetros não serão acompanhadas. Não haverá prejuízo da saúde delas.

Maierovicth revelou, ainda, que o protocolo trará como novidades os critérios para óbito fetal e abortamento por suspeita do vírus zika. 

O diretor conclamou todos os segmentos da sociedade a ajudar no combate ao mosquito aedes aegypti. 

O combate depende não só da área de saúde, mas também do esforço da população.

Antes do surto de microcefalia, eram registrados, por ano, 140 casos da doença, em média, no Brasil inteiro.

Zika
A ligação entre a zika e a microcefalia já foi comprovada pelos médicos e o País registra cada vez mais casos da doença. Até agora, de acordo com Maierovicth, 18 estados e o DIstrito Federal registraram pacientes com o vírus.
Além disso, as suspeitas de bebês nascidos com o perímetro menor que 32 cm também continuam aumentando. Pernambuco é o líder, com 804 casos em análise. Em segundo lugar está Paraíba, com 306 suspeitas, e em terceiro a Bahia, que registra 180 crianças suspeitas de microcefalia. Os estados do Nordeste lideram a lista, mas também há suspeitas em outros estados como no RIo de Janeiro, que tem 23 casos em análise.
— Estamos trabalhando junto com o Ministério da Defesa para o apoio das Forças Armadas junto com os agentes de saúde.Durante esta semana nos articulamos dentro do governo federal para o combate ao mosquito que é vetor da zika, da dengue e da chikungunya.

r7

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.
Posts em Destaque

Posts mais selecionados estão esperando por você . Veja isso